Buscar
  • Rádio União FM

Homens recebem 36,7% a mais que as mulheres em Santa Catarina, diz IBGE


Em 2016, trabalhadores do sexo masculino receberam por mês em Santa Catarina cerca de R$ 2,5 mil, enquanto as trabalhadoras ganharam, também em média mensal, R$ 1,8 mil. Ou seja, no Estado, os homens ganham 36,7% a mais do que as mulheres. O percentual, divulgado nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD Contínua), subiu em relação ao registrado em 2015 em outro levantamento do instituto. Na época, os dados do Cadastro Central de Empresas (Cempre) já apontavam disparidade de 23,6% no rendimento de homens e mulheres no Estado.


Nacionalmente, no entanto, a disparidade apontada na PNAD é menor, de 29,6%. Na avaliação do professor da Escola Brasileira de Economia e Finanças da Fundação Getúlio Vargas, Antônio Carlos Pôrto Gonçalves, embora a diferença salarial ainda seja expressiva, a tendência é melhorar. Para ele, o cenário em Santa Catarina acompanha a realidade brasileira, apesar do percentual ligeiramente acima da média nacional.

Gonçalves ainda aponta que a participação feminina mais efetiva no mercado de trabalho ocorre há menos de um século e ainda não bastou para mudar a percepção do homem como provedor e da mulher como mera administradora do lar:

— O Brasil ainda é patriarcal, machista, sobretudo nas classes mais populares. Ela cuida dos filhos, é subordinada ao homem. Diria que, por isso, a remuneração menor. Essa construção cultural é típica do Brasil, pior até em alguns países, mas menos significativa nas nações mais desenvolvidas.

#SantaCatarina

4 visualizações
TEL: 47 3326 6033 
RUA AMAZONAS, 131 - BLUMENAU, SC 
RÁDIO UNIÃO FM - Copyright © 2019 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 
DESENVOLVIDO POR @MAURICIOCATTANI
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon